4 dicas para criar uma persona para o seu negócio

 em Marketing de Conteúdo

Você ainda não começou a criar uma persona para as suas campanhas? Então já está na hora de implementar esse conceito que vai revolucionar a maneira como você direciona suas ações!

Não estamos falando aqui sobre pensar em abordagens focadas em “mulheres de 18 a 24 anos”, por exemplo, mas sim em considerar uma personagem fictícia que represente, com exatidão, a fatia de audiência que você pretende impactar.

Imagine que a sua persona seja Júlia, de 26 anos, que administra estudos e trabalho em um dia a dia corrido. Observe como fica clara a necessidade dessa persona e como é mais fácil para a sua empresa identificar o que ela está procurando: se você oferece soluções de otimização de tempo e sua persona tem dificuldades para conciliar trabalho e estudos, por exemplo, uma boa estratégia é apresentar suas soluções com foco nessas demandas.

Para ter todos os benefícios de criar uma persona eficaz, você precisa acertar em todas as etapas dessa criação. Veja a seguir as 4 melhores dicas para fazer esse trabalho:

1. Detalhe o dia a dia da persona

O que uma pessoa faz ao longo do dia diz muito a respeito dela e, certamente, é algo bastante interessante para uma estratégia de marketing. Os hábitos da sua persona podem reservar algumas oportunidades únicas para impactá-la com um conteúdo direcionado. Por exemplo, alguém que passa o dia todo no trabalho e depois emenda nos estudos pode estar em busca de uma solução que otimize seu tempo.

2. Baseie-se em dados concretos

Não há lugar para suposições ao criar uma persona. O personagem que você criar precisa representar com fidelidade o público que a sua marca pretende atingir. A melhor forma de garantir informações corretas nesse processo é baseando-se em pesquisas e levantamentos que tragam um registro fiel sobre a sua audiência. Você pode buscar dados de clientes já existentes e resultados de campanhas anteriores.

3. Entenda dores que precisam de solução

Criar uma persona é algo que envolve muita empatia. Você precisa ser capaz de compreender por que problemas e angústias essa pessoa passa para que a sua solução seja o que ela está precisando. Não há mais espaço para publicidade vazia hoje em dia, portanto o seu conteúdo deve trazer algum valor legítimo ao público. A melhor forma de fazer isso é compreendendo as necessidades dele e trazendo soluções objetivas.

4. Documente tudo

Depois de criar uma persona totalmente estratégica para a sua campanha, lembre-se de registrar tudo de maneira acessível ao resto da equipe. Afinal, trata-se de um material que precisará ser consultado por quem cria conteúdo para a sua marca, de modo que ele seja direcionado a essa persona. Se essas informações não estiverem plenamente acessíveis, é como se todo o seu esforço tivesse sido em vão.

Tendo em mente tudo o que você aprendeu até agora, já pode começar a criar uma persona que represente com fidelidade a audiência que sua marca pretende impactar. Lembre-se de que esse processo não é único. Faça atualizações sempre que necessário, além de considerar a criação de mais personas que possam representar outras fatias do público-alvo da sua empresa.

Ainda não se convenceu sobre o potencial desse conceito? Então veja porque uma estratégia de marketing focada na persona traz mais resultados!

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar