Glossário do Google AdWords: aprenda os principais termos!

 em ADS - Anúncios

Se você fez alguma compra on-line nos últimos tempos, é bem provável que ela tenha começado com uma pesquisa no Google. É por esse motivo que o Google AdWords é tão popular entre as empresas que buscam manter um bom posicionamento nas páginas de resultados do buscador.

Assim como qualquer ferramenta de marketing digital, existem particularidades que caracterizam o Google AdWords e que, muitas vezes, geram dúvidas entre os anunciantes e os profissionais da área.

Para te ajudar, preparamos este post com uma introdução à ferramenta e um glossário com os principais termos utilizados na plataforma. Confira:

O que é o Google AdWords?

AdWords foi o nome escolhido pelo Google para batizar a sua plataforma de publicidade digital. Por meio desse serviço, marcas e empresas podem comprar espaços publicitários exibidos em formato de links patrocinados nas páginas de resultados do buscador, independentemente do dispositivo utilizado pelo usuário para acessar o site.

É verdade que os anúncios do Google AdWords podem também ser exibidos em outros sites por meio da rede de display, mas o principal formato são os links patrocinados que aparecem no resultado das pesquisas.

Falando nelas, é justamente com base nas palavras-chave buscadas pelo usuário que os anúncios são exibidos. Ou seja, a publicidade exibida se relaciona com o termo pesquisado e potencialmente pode auxiliar a pessoa a encontrar o que ela está pesquisando.

Nada mais relevante do que entregar ao usuário um anúncio pertinente que pode resolver o seu problema no momento exato em que o indivíduo está em busca da solução.

Vale lembrar que o Google AdWords é a principal fonte de receita da empresa norte-americana, que afirma que mais de 90% do seu faturamento vem da plataforma.

Quais os principais termos utilizados na plataforma?

Para que você não fique com nenhuma dúvida na hora de começar a investir na plataforma, separamos os principais termos que você precisa entender antes de colocar no ar seu 1º investimento em Google AdWords.

SEM

Você já deve ter visto esse termo antes por aí. Ele é uma sigla que significa “search engine marketing” (ou, em português bem claro, “marketing de busca”).

Basicamente ele é utilizado para definir o grupo de estratégias de marketing que tem como objetivo a promoção de um site nas páginas de resultados de buscadores.

Costuma ser dividido comumente entre SEO — a otimização de sites para a busca orgânica — e os links patrocinados, como o Google AdWords.

Links patrocinados

O termo acima é apenas uma alternativa para definir os anúncios comprados por anunciantes no Google AdWords. Em muitos casos, ele é até utilizado para definir a plataforma de publicidade do Google.

No entanto, a verdade é que esse foi o 1º nome que a empresa usou para dar nome ao formato de anúncios que estavam inventando.

Palavra-chave

Esse é o nome dado para o termo que resume o tema principal de um artigo no blog, uma página do site ou de uma imagem, por exemplo.

É bastante utilizado no marketing de busca como um todo, pois é com base nessas palavras que são feitas as otimizações previstas na estratégia de SEO e construídas as campanhas de anúncios no Google AdWords.

CTR

Uma das siglas mais conhecidas pelos profissionais que investem na compra de mídia digital, o CTR significa “click through rate” e, diferentemente de outros termos e siglas, não possui uma tradução direta para o português.

É uma métrica bastante utilizada no Google AdWords e em outras plataformas de mídia para avaliar a performance de um anúncio.

O seu número é resultado da divisão do número de cliques pela quantidade de vezes que um anúncio foi exibido. Ou seja, se o CTR está baixo demais, significa que o anúncio precisa ser exibido muitas vezes para ser clicado — o que, consequentemente, torna-o mais custoso para o anunciante.

CPC

Da mesma maneira que outras plataformas de publicidade digital, o Google AdWords permite que a empresa escolha o formato como deseja ser cobrada pela exibição dos anúncios.

Entre as alternativas disponíveis, o CPC é um dos mais populares e fáceis de compreender. É uma sigla que significa “custo por clique”, ou seja, toda vez que algum usuário clicar em um anúncio, a empresa será cobrada.

O CPC é a forma mais utilizada no Google AdWords, pois fica no meio termo entre o pagamento apenas pela exibição e a cobrança avançada por conversões.

CPA

Falando nela, é com a sigla CPA que se define a cobrança do anúncio por conversão. Ela significa “custo por aquisição” e cobra o anunciante toda vez que um usuário clica em um link patrocinado, acessa o site da empresa e realiza a conversão desejada, seja ela uma compra ou um cadastro em um formulário, por exemplo.

Impressões

Esse é um termo bastante conhecido no marketing digital e, antes que você pense equivocadamente, devemos alertar que ele não tem nada a ver com gráficas e papel.

De uma forma bem simples, ele indica a quantidade de vezes que um anúncio foi exibido nos espaços disponíveis no Google AdWords e nas suas plataformas.

CPM

Assim como o CPC e o CPA, o CPM é também um formato de cobrança por anúncios no Google AdWords e em outras plataformas de publicidade digital.

Essa sigla significa “custo por mil impressões” e, como já deixa bem claro, cobra do anunciante toda vez que o anúncio for exibido mil vezes, independentemente de ter sido clicado ou não.

O CPM é muito indicado para campanhas que já comunicam o que desejam apenas pela exibição do anúncio, sem necessitar do clique.

Remarketing

Você já deve ter sido perseguido alguma vez por banners daquele produto que você pesquisou, acessou o site e visualizou, não é mesmo? Pois bem, isso não é mágica: é remarketing.

Basicamente é o termo que significa a exibição de anúncios após o usuário visitar um site. Conhecido também como retargeting, ele funciona por meio de cookies instalados pela plataforma de mídia no navegador do usuário que indicam à ferramenta qual a página que o usuário visitou — e, portanto, qual anúncio deve ser exibido.

O Google AdWords é a 1ª alternativa quando se fala na compra de mídia e publicidade digital, pois ele impacta o usuário no momento mais propício para que ele converta: na busca por soluções e respostas.

Entender como ele funciona e o que significam os principais termos da plataforma torna-se, então, fundamental para garantir melhores resultados.

Se você gostou deste post sobre o Google AdWords, ajude os seus amigos e compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais!

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Influencia do tráfego pago no tráfego orgânicoGoogle Adwords lance