IGTV e o futuro do formato de vídeo no Mundo Digital

 em Marketing Digital

Após muitos rumores, finalmente foi inaugurada nesta quinta-feira (21) uma nova função no Instagram que possivelmente revolucionará toda a forma de seus usuários interagirem entre si por meio de vídeos pela plataforma.

Estamos falando do IGTV (ou simplesmente Instagram TV). A nova extensão permite que sejam publicados vídeos de até 60 minutos de duração e em qualidade 4K. A idéia é transformar o seu mobile em uma verdadeira televisão, onde o “telespectador” tem acesso ao conteúdo de seus seguidores de forma dinâmica e interativa.

 

Um aplicativo Independente

Além da função interna no próprio Instagram, o IGTV já está disponível também em formato de aplicativo para Android e IOS, podendo criar um canal separadamente da sua conta principal do Instagram.

Ela pode ser encontrada facilmente no canto superior direito da tela principal do Instagram, ao lado da caixa de mensagens. Para ter acesso basta atualizar o aplicativo.

 

Formato de Vídeo na Vertical

Em uma publicação oficial, o fundador do Instagram, Kevin Systrom fez o seguinte comentário:

“Nos dias de hoje vemos vídeos no formato da TV. Consequentemente temos que virar o celular na horizontal, não faz sentido. Está na hora do vídeo avançar e evoluir. Nós reimaginamos vídeos no celular e queremos dividir com vocês. Isso transforma os vídeos…”

(Kevin Systrom, CEO do Instagram na Press Inaugural do IGTV)

Ele também acrescentou:
“Como uma TV, a função também possui canais. Mas, no IGTV, os criadores são os próprios canais. Quando você seguir esses tais canais no Instagram, o conteúdo estará disponível na sua timeline do IGTV”.

 

Aumento financeiro de Zuckerberg

A novidade desta função trouxe também retornos financeiros positivos para a bolsa de valores e Mark Zuckerberg. Desde o lançamento do IGTV sua fortuna aumentou em U$1,7 bilhão de dólares, além de aumentar as ações do Facebook em 2,3%, tornando o CEO do Facebook o líder das ações nesta quarta-feira.

 

A revolução do Rich Media

A ousada estratégia por trás dessa extensão é a de concorrer com outras plataformas de rich media como: Youtube e Snapchat. Pelo fato do Instagram hoje ser um das principais alternativas de anúncios pagos em mídias sociais, essa pode ser uma grande aposta para quem busca visibilidade para anunciar sua marca.

 

Além de ser uma ótima fonte de viralização, conteúdo de qualidade em vídeo tem o poder de fácil consumo, já que não exige esforço do público para ser aproveitado.

Google Video

Fonte: Google Video Viewers 2017 Press event Brandcast

Na liderança de audiência (até o momento), o Youtube registra 42% da audiência dos consumidores de vídeos no Brasil, o aplicativo Whatsapp fica em segundo lugar com 20% de preferência e o Netflix em terceiro com 15%.

 

Vídeo, o formato do futuro?

Segundo dados do Google Video Viewers 2017, em apenas 3 anos, o consumo de vídeo na Web cresceu em 90,1%. Nesse mesmo período, o consumo de TV teve um aumento de somente 3,1%.

 

Os dados não mentem, e provavelmente até 2020 é bem possível que a audiência triplique e o vídeo na web passe a ser a principal formato de consumo. Diante disto, é sempre importante analisar e destacar pontos que sejam determinantes no comportamento de cada país e seu público.

Estamos sempre buscando enriquecer nossa fonte com conhecimento, pois  conteúdo é o que não falta. A evolução tecnológica é uma tendência natural, com isso os reis do entretenimento e conteúdo estão sempre de olho no que realmente é acessível e útil para a audiência.

 

Gostou? Compartilhe nas suas redes sociais!

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar